logotype
img1
img2
img3
Disciplina

Pratique a Arte da Disciplina

Karate-Do signica "Caminho das mãos livres", criado no Japão antigo como forma de defesa pessoal, equilíbrio mental e físico.
O estilo Shotokan , hoje o mais praticado em todo o país , foi desenvolvido pelo Sensei Gichin Funakoshi.
A forma ensinada por Funakoshi era tradicional, tendo como base a filosofia do Budo, em cujo conteúdo há a consciência da busca constante pelo aperfeiçoamento pessoal, sempre contribuindo para a harmonização do meio onde se está inserido, por intermédio de muita dedicação ao trabalho, treino rigoroso e vida disciplinada. O praticante do Karaté tradicional caminha em direcção a essas metas, formando seu carácter e aprimorando sua personalidade.
Nesse sentido, pode-se afirmar que a arte marcial contribui para a formação integral do ser humano, não podendo, portanto, ser confundida com uma prática puramente desportiva. "Tradição é um conjunto de valores sociais que passam de geração em geração, de pai para filho, de mestre para discípulo, e que está relacionado diretamente com o crescimento, maturidade, com o indivíduo universal."
A famosa expressão do mestre Gichin Funakoshi -
Karate ni sente nashi (No karaté não existe atitude ofensiva) - define claramente o propósito antiviolência.

Se o adversário é inferior a ti, então por quê lutar?
Se o adversário é superior a ti, então por quê lutar?
Se o adversário é igual a ti, compreenderá, o que tu compreendes...então não haverá luta.
Honra não é orgulho, é consciência real do que se possui.


O verdadeiro valor do karaté não está em sobrepujar os outros pela força física. Nesta arte marcial não existe agressão, mas sim nobreza de espírito, domínio da agressividade, modéstia e perseverança. E, quando for necessário, ter a coragem de enfrentar milhões de adversários e vibrar no seu interior. É o espírito dos samurais